Gravidez segura: o que pode e não pode?

O início da gestação normalmente é marcado por muita insegurança e dúvidas. Alguns hábitos precisam ser abandonados e novos cuidados são necessários garantir uma gravidez segura e saudável. Afinal, o que se pode ou não ingerir e fazer nesse período? Com auxílio profissional elaboramos algumas recomendações para o período.

Alimentos estimulantes como café, canela, gengibre… devem ser usados com cautela. Isso porque aumentam ainda mais a frequência cardíaca da gestante, que já está naturalmente mais acelerada, podendo causar desconforto e taquicardia. Alimentos crus e embutidos também entram nessa lista pois aumentam o risco de contaminação. Evite condimentos e pimentas e também deitar-se logo após as refeições para evitar azia e refluxo também comuns no período. Não faça jejuns longos, coma preferencialmente de 3 em 3 horas.

                           10-incriveis-beneficios-de-beber-agua-em-jejum-3 estrias-gestacionais

Beba bastante água e sempre filtrada. A água é essencial para o bom funcionamento do organismo, para manter a pressão arterial e hidratar de maneira geral.                

A pele pede atenção especial. O ressecamento combinado com a sua distensão, que ocorrerá principalmente na região abdominal, podem causar o surgimento de estriais. Assim é aconselhado também  utilizar cremes hidratantes e específicos para evitar estrias. Porém, certifique-se de que os mesmos não contenham substâncias contraindicadas na gestação como ureia e a maioria dos ácidos. Abuse do filtro solar especialmente no rosto para evitar o melasma – manchas escuras que tendem a aparecer com mais facilidade no período. 

                           mam_redes_sociais_27_dezembro_domingo yoga

Gravidez segura não significa não se expor a  atividades físicas. Bem pelo contrário, sua prática regular é indicada durante toda a gravidez, e deve ser preferencialmente acompanhada por profissionais especializados. Prefira aquelas de baixo impacto e que você já esteja familiarizada.  

A drenagem linfática é indicada. Porém, para ser segura, deve ser feita por profissional habilitado. Essa técnica ajuda a evitar retenção de líquido e o consequente inchaço principalmente das pernas. Outros procedimentos estéticos como micropigmentação, botox, escova progressiva, laser… estão proibidos.

Vale reforçar que bebidas alcoólicas e cigarros em qualquer quantidade também estão proibidos.

E que sempre que houver qualquer dúvida você deve consultar o seu médico.

Esse post foi escrito em co-produção com Luísa Aguiar da Silva – Ginecologista e Obstetra (CRM 15992) com residência médica no Hospital Nossa Senhora da Conceição em Porto Alegre. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela AMB. Especialista em Uroginecologia pela Unifesp. Membro da Associação Internacional de Uroginecologia (IUGA). Professora da disciplina Materno Infantil da Universidade do Sul de Santa Catarina. Sócia proprietária da Clínica Urogine. Contatos: 48 32247405  email: luisa@urogine.com.br

Alba & Maria Carolina & Maria Clara
Alba & Maria Carolina & Maria Clara
Três gerações unidas pelo amor a maternidade.